Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nenúfar

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

Nenúfar

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

...

25.06.20, Nenúfar

 

 

"Um dia, um jovem perguntou ao seu avô: " Avô! Como puderam viver antes...
- sem tecnologia
- sem internet
- sem computadores.
- sem drones
- Sem Bitcoins
- sem telemóveis.
- sem facebook

O avô respondeu:
" tal como a tua geração vive hoje...
- sem orações.
- sem dignidade.
- sem compaixão.
- sem vergonha
- sem honra.
- sem respeito
- sem personalidade
- sem carácter
- sem amor próprio
- sem modéstia.
- sem honra.

Nós, as pessoas nascidas entre 1950 e 1989 somos os abençoados, a nossa vida é uma prova viva.

👉 quando montávamos de bicicleta, nunca usamos o capacete.

👉 depois da escola, fazíamos os trabalhos de casa e saíamos para jogar até ao anoitecer.

👉 brincávamos com amigos de verdade, não amigos da internet.

👉 se alguma vez nos sentíamos sedentos, bebemos água do cano, não água engarrafada.

👉 nunca ficamos doentes compartilhando o mesmo copo com os nossos amigos.

👉 nunca ganhamos peso comendo pratos de arroz todos os dias.

👉 não aconteceu nada aos nossos pés, apesar de andar descalços.

👉 nunca usamos suplementos para nos manter saudáveis.

👉 costumávamos criar os nossos próprios brinquedos e brincar com eles.

Os nossos pais não eram ricos. Eles deram-nos amor, não materiais mundanos.

👉 nunca tivemos telefones celulares, DVD, play station, Xbox, videogames, computadores pessoais, internet... mas sim tivemos amigos de verdade.

👉 visitávamos a casa do nosso amigo sem ter sido convidados e desfrutamos da comida com eles.

👉 os familiares viviam perto para aproveitar o tempo da família.

👉 é possível que tenhamos estado em fotos a preto e branco, mas você pode encontrar lembranças muito coloridas nessas fotos.

👉 somos uma geração única e mais compreensiva, pois somos a última geração que ouviu seus pais..."

Eugénia Cunha

1 comentário

Comentar post